Biblia Germanica (Lutherbibel) — 1545

Uma das edições mais conhecidas da Biblia Germanica (Lutherbibel) é a de 1545; uma honra tê-la em minha biblioteca. Um verdadeiro tesouro, de encher os olhos a qualquer teólogo. Trata-se da última edição corrigida publicada durante a vida de Martinho Lutero, e por isso em alemão é chamada de “Ausgabe letzter Hand” (a última versão de uma obra editada e monitorada pelo próprio autor). Como o nome sugere, remonta à tradução iniciada pelo Novo Testamento e realizada em apenas 11 semanas, quando disfarçado de cavaleiro “Junker Jörg” se refugiou no castelo de Wartburg (1521–1522). Havia outras traduções em vernáculo em sua época, mas a de Lutero superou em qualidade, pois remonta aos originais, grego e hebraico, e não derivada da Bíblia latina, a vulgata editio. Portanto, recebeu um “status canônico”, ou seja, apenas este texto foi impresso inalterado por séculos. A primeira publicação ocorre em setembro de 1522, e então começa o Antigo Testamento. Em 1534, toda a Escritura é divulgada. Embora intensamente acadêmica, foi revolucionária por estimular a educação universal: todos precisavam ser alfabetizados a fim de ler a palavra de Deus, privando a elite da classe clerical de seu controle exclusivo da teologia.

A edição da Biblia Germanica (Lutherbibel) de 1545.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store