Coronavírus: reflexão sobre a realidade na Itália

Em 4 de março, o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte assinou um decreto que prevê medidas urgentes em relação à contenção e gerenciamento da emergência do COVID-19, válida em todo o país. O contágio do vírus no país atingiu, em pouco tempo, um número superior a 74 mil pessoas e, então, foram transcritos decretos e regulações relativas à restrição de movimentação e evitar a disseminação do vírus.

O COVID-19.